7 CURIOSIDADES SOBRE A DANÇA QUE TU PRECISAS SABER!

curiosidades sobre a dança
ctg saPowered by Rock Convert

Buenas amigos, como estão?

Tu já sabes que escrevemos bastante sobre a Danças, em suas diversas formas e individualidades que existem de dança para dança, época para época e local para local. Sempre que nos deparamos com informações novas, gostamos de compartilhar com tu que nos lê che, e este texto não será diferente!

Então se tu queres aprender um pouco mais sobre a história da Dança, CONTINUA LENDO que tu com certeza não vais te arrepender!

Todas as informações que serão transcritas abaixo se referem ao livro “Compêndio Técnico Ilustrado de Danças Gaúchas de Salão“, publicado pelo MTG e que foi escrito por Beloni Bastis da Silva, José Guaracy de Souza, Nivaldo Rodrigues da Rosa, Rodrigo Magalhães de Mattos e Toni Sidi Pereira.

1 – Origem da palavra Dança:

“As palavras dança, “danza”, “dance”, derivam da palavras “atns”, que, em sânscrito, significa “tensão”.”

2 – Utilização da Dança:

“Tão antiga quanto o homem, a dança foi inicialmente utilizada para rogar favores aos deuses, homenageá-los, dar vazão a sentimentos pessoais de fé ou expansões ligadas a acontecimentos de grupos sociais, além de proporcionar destreza para a guerra ou para a caça.”

3 – A dança em Roma e na Grécia

“Em Roma, a dança era considerada um espetáculo, e reservada aos profissionais. Mas, foi no teatro grego que a dança tomou a conotação de diversão, incluindo canto e pantomima.”

4 – O primeiro baile com dança de sala

“A dança de sala, conforme Justino Dias Lima Soares, na obra: “Elementos de Dança de Sala”, é de origem francesa. A primeira festa de corte a que se possa dar o nome de baile ocorreu em 1385, em Amies, no casamento de Carlos VI com Isabel de Baviera, em função de que as mais importantes nobrezas da época se fizeram presentes.”

5 – Os principais pólos de dança

“Em determinado momento da história, os pólos de irradiação das danças foram: Espanha, Portugal, França e Áustria. Isto não quer dizer que eles foram os únicos criadores, mas, os primeiros divulgadores das danças para o mundo através de sua influência cultural.

6 – Lei da Imitação

“O sociólogo francês Gabriel Tarde nos diz na sua obra: “Lei da Imitação”: “Sempre se verá a nobreza, em tudo o que ela dependa, imitar aos Reis, seus senhores; e a plebe, no que lhe seja possível, imitar a nobreza.

dança

7 – Canais de percepção – Ouvido, Sentimento, Movimento, Coordenação do Movimento e Projeção do Movimento

Para dançar, seja qual foi o ritmo, estilo ou modalidade, não basta saber a coreografia. Precisa-se também, de uma série de fatores, que farão existir um envolvimento entre os dançarinos e a música. Dentre estes fatores, estão principalmente, o que chamamos de canais de percepção, que, se bem desenvolvidos, trarão uma melhor e mais fácil compreensão dos temas apresentados neste trabalho.


Então gauchada, o que acharam? Se gostou, compartilha e nos ajuda lá no nosso FACEBOOK, e também nos segue no TWITTER e INSTAGRAM.

Forte abraço!

#DANÇA #DançadeSalão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui