PROFESSOR, INSTRUTOR, COREÓGRAFO, DANÇARINO OU BAILARINO?

A diferença entre Professor, Instrutor, Coreógrafo e Dançarino é bem clara na tua cabeça? O que é responsabilidade de quem? E a principal diferença entre Professor e Instrutor, tu sabes?

“Várias são as denominações usadas e atribuídas às pessoas que ensinam e que praticam danças tradicionais gaúchas. Entretanto, para que possamos refletir com clareza sobre qual a denominação mais adequada precisamos conhecer alguns conceitos:

De acordo com Emidio Nericci (1981): “Professor é quem se dispõe a orientar a aprendizagem de outrem para o alcance dos objetivos seja útil a sua pessoa ou à sociedade ou a ambos.”

Professor pode ser definido como o indivíduo que ensina ou orienta uma ciência ou arte.

Instrutor pode ser definido como o indivíduo que transmite conhecimento, ensina uma doutrina ou adestra.

Coreógrafo é a pessoa ou artista que cria a coreografia.

Dançarino pode ser definido como a pessoa que dança por oficio, artista.

Bailarino é o intérprete da coreografia da dança, do espetáculo.

Levando em consideração o que leva as pessoas a praticarem danças tradicionais, veremos que existem objetivos conscientes ou inconscientes, além de vários específicos.

CTG S.A.Powered by Rock Convert
Coreografia ENART

Dentre esses objetivos sempre haverá um que pode ser definido como o principal e através dele é que perceberemos se a dança esta atuando como “meio” ou como um “fim”.

Alguns professores e dançarinos procuram realizar-se através da dança, buscando, obter resultados ou premiações, nesse caso, a dança passa a ser um “fim”.

Se analisarmos a dança que, como todas as artes, tem como principal objetivo a “comunicação”, concluiremos que ela é um “meio” de expressão, ao mesmo tempo em que constitui um “fim” como proposta de auto realização.”

Este é um ótimo assunto a ser discutido e que faz toda a diferença para quem busca trabalhar com o ensino de Danças Tradicionais!

Sempre há dificuldade em COMEÇAR, principalmente pelo fato de quem vai ensinar teve como conhecimento apenas suas experiências pessoais com a dança, e não através do estudo em bibliografias capazes de auxiliar neste processo.

E é nisto que gostaríamos de ajudar, através do livro do Toni Pereira e do Jeferson Camillo: “Danças Folclóricas & Tradicionais Gaúchas – Uma proposta pedagógica“.

Já contamos um pouco mais sobre este livro NESTE POST.

Então se está pensando em trabalhar com danças gaúchas e quer a indicação de um livro para te ajudar, clique no link abaixo para conhecer um pouco mais:

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O E-BOOK!

#Ebook #Coreografias #DANÇA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

12 − 3 =