QUEM É O PADROEIRO DOS DANÇANTES GAÚCHOS?

São Paschoal Bailão nasceu na cidade espanhola de Valença, nas Festas de Pentecostes, a 17 de maio no ano de 1540.

são paschoal bailão
ctg saPowered by Rock Convert

Segundo o livro “Mais um toque e outras marcas dos antigamentes“, de Paixão Côrtes, lançado no de 2002, São Paschoal Bailão é o Padroeiro dos Dançantes Gaúchos.

Confira abaixo o texto na íntegra:

“Filho de pobres camponeses, trabalhou a pé desde pequeno como pastor, na guarda do gado no campo.

Sua vivência diária com a natureza e com o Criador fez-lhe encontrar o rumo de uma profunda religiosidade, levando-o aos Frades Menores, da Ordem Franciscana, quando trocou o cajado pelo burel.

Sua presença sempre alegre e festeira se fazia acompanhar de fervorosa oração rezada, encontrando sempre um caminho para solução dos problemas humasno.

Paschoal Bailão foi canonizado pelo Papa Alexandre VIII. Morreu aos 52 anos.

Seus milagres se espalharam pela Península Ibérica, chegando sua fé religiosa às plagas campestres rio-grandenses de antanho.

Acender vela a São Paschoal Bailão antes de um baile era devoção que uma prenda confiava ao Santo para lhe escolher um bom par, e então dançar a noite inteira.

Contam-nos, velhos avoengos por nós investigados, que dar uma “afigurada de um Chotes” numa encruzilhada de campo, mesmo dançando solito era a medida certa para que o Santo encontrasse uma perdida peça de uso pessoal: prendas de arreios, ou mesmo descobrisse o paradeiro de algum gado desgarrado.

Em nossas pesquisas de campo sobre danças, registramos no tema São Gonçalo do Amarante – descrito em nosso livro “Folclore Gaúcho – Festas, Bailes, Música e Religiosidade Rural“, que no arremate deste tema coreográfico, cada par enlaçado dançava, e ainda dança, uma polquinha a São Paschoal Bailão.

O par em movimentos dançares, afora as genuflexões que faz diante do altar e dos santos, espera a benção de Paschoal Bailão para um feliz casamento.

Salve! Salve São Paschoal Bailão e dê-le dança!”

Abaixo, deixamos a dança de São Gonçalo do Amarante, porém, ao final não é feita a polquinha (neste vídeo) em homenagem a São Paschoal, porém, para conhecimento da dança de São Gonçalo, é interessante!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

17 + 1 =