ENCONTRO DE CHULEADORES EM PORTO ALEGRE!

Dança da Chula terá encontro especial da cidade de Porto Alegre.

A organização é por conta do Movimento Tradicionalista Gaúcho, com o intuito de apresentar o documento “Diretrizes do Departamento de Chula do MTG 2018”, onde traz novas informações sobre a conduta dos dançarinos, bem como a postura, melhor andamento musical, cuidados físicos, estilo do chuleador e por aí vai.

O evento ocorre no dia 19 de Agosto, na sede do MTG, em Porto Alegre, com início previsto para as 8:30hs.

Haverão apresentações da equipe de chula de 2018, bem como outras atrações que serão informadas mais adiante.

Se por acaso não sabes o que é a chula gaúcha, deixamos abaixo um trecho de outro texto que já postamos, e no final, o link com o texto completo.

CTG S.A.Powered by Rock Convert

CHULA: UMA DANÇA ALÉM DO DESAFIO:

“Quando em julho de 1951, o gaiteiro Augustinho Manoel Serafim, de 56 anos de idade, mostrou-nos, em Vacaria, como se dançara a “Chula” no seu tempo de moço, nós ficamos perplexos, verdadeiramente surpresos. É que jamais – em todas nossas consultas bibliográficas e pesquisas de campo sobre o folclore do Rio Grande do Sul, e mesmo do Brasil – havíamos encontrado a mínima citação sobre essa curiosa “Chula” que ele nos ensinava: dança executada somente por homens e em desafio. O ineditismo era de tal monta que não nos atrevemos a apresentar a Chula de imediato – em festivais folclóricos que nessa época dirigimos – temerosos de que algum folclorista ou cronista negasse autenticidade a tal dança. Quem sabe se tudo não passava de um sonho do gaiteiro Manoel Serafim? Ou quem sabe se a Chula fora uma criação extremamente localista, fruto de alguma brincadeira de galpão, numa estância qualquer, sem maior repercussão no meio campeiro?Sentíamo-nos inteiramente desamparados pela bibliografia folclórica brasileira, nesta afirmativa de que existira no Rio Grande do Sul uma dança chamada “chula” e executada somente por homens”

“(…) pelo menos os gaúchos aparecem geralmente sem mulheres e manifestam mesmo pouca atração para elas. (…) O gaúcho parece apreciar o dinheiro menos para suprir suas precisões, que são poucas, do que para satisfazer suas paixões ou alguns gostos instantâneos: ele quer dinheiro principalmente para jogar ou para adquirir a posse de qualquer brinquedo que, como nas crianças, excitou sua cobiça passageira. Por isso pouco trabalha o gaúcho, enquanto tem dinheiro. O tempo passa-se em jogar, tocar ou escutar uma guitarra nalguma pulperia, e às vezes, porém com raridade, dançar uma espécie de chula grave, que vimos praticar por alguns deles.”

ACESSE O TEXTO COMPLETO CLICANDO AQUI!

#Chula #MTG

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 + 2 =