“DITADOR E MENTIROSO”: ESQUENTA O CLIMA NA ELEIÇÃO DO MTG – TEXTO DE TULIO MILMAN EM GAÚCH

0

Confira abaixo o texto publicado em GaúchaZH. Ao final, damos o nosso “parecer” sobre a forma e o direcionamento do texto.

“Apoiadores das duas chapas se contaminaram pela tensão que transbordou da disputa entre Bolsonaro e PT

“Ditador arrogante” e “mentiroso”. Parece a eleição para presidente do Brasil, mas é a campanha do Movimento Tradicionalista Gaúcho. O clima entre as duas chapas anda mais quente que churrasqueira em dia de festa. A eleição é em janeiro e apoiadores de ambos os lados repetem a lógica que pautou a disputa nacional. A tensão transbordou para as redes sociais, com postagens acusatórias.

O atual presidente, Nairo Callegaro, busca o quarto mandato. A segunda chapa é encabeçada por Elenir Winck, vice de Callegaro e primeira mulher a disputar a presidência da entidade. “Não sou oposição”, faz questão de frisar.

O MTG engloba cerca de 1,7 mil entidades no Brasil e no Exterior e conta com 1 milhão de associados.

– É uma pena que isso esteja acontecendo – afirma Nairo, que ressalta o clima de respeito entre ele e a oponente.

O atual presidente concorda que “alguns” apoiadores se deixaram contaminar pelo clima de tensão que veio da eleição de outubro.

– O movimento precisa evoluir nesse aspecto – avalia.

Elenir também identifica a influência da campanha presidencial no ânimo dos apoiadores:

– Não é salutar e ninguém ganha nada com isso, só o movimento perde.

– Não envolvo nesses excessos, me dedico a fazer o meu trabalho – completa.”

TEXTO RETIRADO DE GAÚCHAZH: ACESSE NA ÍNTEGRA AQUI.

NOSSA OPINIÃO:

Este é um texto chamado de CLICKBAIT, ou então o famoso CAÇA-CLIQUES.

Note que o título traz alguns “elogios” trocados entre os candidatos, porém não cita de onde partiu, como foi o contexto da situação, em qual rede social… Ou seja, nenhuma informação que de fato explique alguma situação que está ocorrendo, apenas jogar no ar, e ter acessos ao site.

Pelo jeito o clima não é culpa nem do então Presidente Nairolli, e menos ainda da candidata Elenir.

O que deu a entender é que a culpa é zero dos candidatos e sim dos seus “fiéis seguidores”.

Parece que a polarização está realmente em todos os lugares… Quem é de um lado, obrigatoriamente precisa ser contra o outro, e vice-versa.

O que se sabe é que o Facebook está cheio de ataques pessoais, não só diretos, mas por meio de diversos “terceiros”, e isso dois dois lados!

#MTG

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui