QUEM NÃO DANÇA O MAÇANICO, NÃO ARRUMA NAMORADO?

0

“Tchê, como é a dança do maçanico? O que é um maçanico? Quem não dança o maçanico, não arruma namorado? Por que quase toda mirim dança? É tão fácil assim?”

Buenas Gauchada amiga, como estão? A dança tradicional gaúcha é obrigatória no dancelist de qualquer dançador de CTG. Não gosto muito de expor opinião pessoal sobre as danças, mas o maçanico se puxa em ser chata, bah… E o pior, nem é tão fácil assim né che? Mas vamos lá, vamos contar um pouco mais sobre ela, até porque TODO rodeio tem gente que dança!

Dança do Maçanico Enart

Foto: ClickRBS

Para quem não sabe, o tal do Maçanico, assim como o Anú, também é uma ave. Na verdade o nome correto da ave é Maçarico, e não Maçanico, mas como a dança surgiu em Santa Catarina já com o nome errado, fazendo alusão a ave, chegou ao nosso litoral norte chamado desta forma.

Ave Maçanico

Foto: UOL.com

Então se tu quer saber porquê o Maçanico é dançado por quase todas as mirins nos rodeios, muitas juvenis, e outras quantas adultas, aqui fica a resposta. Segundo Paixão Côrtes e Barbosa Lessa, no seu livro Manual de Danças Gaúchas de 1957, o Maçanico “é uma de nossas danças mais animadas, de fácil aprendizagem, é aconselhável aos principiantes na interpretação de danças regionais gaúchas.”

Assim sendo, dito por eles mesmo, lá no início do ensino das danças, que é uma dança fácil, qual foi uma das primeiras a replicar por todo o estado? Uma chance só de acertar che…

Mas vamos aos movimentos (complexos!) da dança.

Maçanico Fegadan

Foto: TV Tradição

O Maçanico é uma dança de filas, onde peão e prenda se postam frente a frente. Ao ser dado o comando pelo posteiro, os pares iniciam os passos, tomado o peão pela mão direita e a prenda pela mão esquerda.

“Os passos são executados com vivacidade. Os homens iniciam com o pé esquerdo; as mulheres com o direito.” Então esses passos falados, nada mais são que três passos de marcha. O quarto passo não chega a ser completo, e somente “um avanço do pé, sem tomar o peso do corpo. O pé avança, bate levemente de meia-planta, e assim permanece, imóvel, durante 2 tempos, até o fim do compasso”

Então até aqui tranquilo. O passeio no maçanico é barbada. Não tem risco de desiquilíbrio nem nada… Mas vamos seguindo o baile.

“Após essa breve imobilidade, os dançarinos realizam uma súbita meia-volta fazendo o pé que antes estava a frente, iniciar uma nova série de 4 passos-de-marcha, os quais entretanto são realizados agora em direção contrária à seguida anteriormente.”

Foto: Estampa da Tradição

Então a esses avanços repetem-se, totalizando 2 avanços e 2 recuos. Ao final do quarto recuo, onde retornam a posição inicial, iniciam-se os giros. Que diga-se de passagem, é melhor hora para quem tem labirintite ou coisas do gênero.

“Nesta 2ª figura, os dançarinos executam os mesmos 4 passos já descritos, mas com a grande diferença de, ao invés de avançarem em linha reta, agora vão realizar um giro de volta-inteira em torno do próprio corpo (para o que, necessariamente, os pares soltam-se das mãos).”

Maçanico Enart Velha Carreta

Foto: Estampa da Tradição

Bueno, a dança basicamente é essa. Quanto a música, a primeira e a terceira parte não são cantadas, e a segunda e a quarta são. Agora o motivo por “quem não dança o maçanico, não arruma namorado”, eu não faço ideia. E não sei se tem alguém que faça…

Então moçada, se gostaram de saber um pouco mais sobre o Maçanico, COMPARTILHEMem todas redes sociais com a gauchada. Aqui abaixo tu tem todos os links. Forte abraço!

Aproveita e conheço um pouco mais sobre outras DANÇAS TRADICIONAIS, ou então sobre o Mestre Paixão Côrtes.

INSTAGRAM e YOUTUBE.

#Maçanico #Dança #PaixãoCôrtes #BarbosaLessa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui