ENTENDA O CAVALO CRIOULO DE UMA VEZ POR TODAS!

“Tchê, se tu é gaúcho tu tem cavalo né? Quantos tu tem? Que cor é o pelo? Como faz para identificar? Que tipos existem?”

Foto: Site ABCCC

Buenas gauchada, como estão? Os cavalos são para o gaúcho não só um animal de estimação, e sim uma ferramenta de trabalho. Ferramenta no bom sentido da palavra, é claro. A paixão por este animal está estampada de diversas formas no nosso Rio Grande: sejam em músicas, poemas, quadros, desenhos… Então que tal ficar sabendo um pouco mais sobre eles?

CONTINUE LENDO, e aprenda algumas coisas que provavelmente tu não sabia chê! Pegamos uma ajuda no site da ABCCC (Associação Brasileiras dos Criadores de Cavalo Crioulo), então se quiser saber além do que está aqui, vai encontrar tudo por lá!

Foto: Site ABCCC

HISTÓRIA:

O Cavalo Crioulo tem sua origem em cavalos espanhóis, trazidos pelos colonizadores no século XVI. Estabelecidos na América, principalmente na Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai, Peru e Brasil, muitos desses animais passaram a viver livres, formando manadasselvagens que, durante cerca de quatro séculos, enfrentaram temperaturas extremas e condições adversas de alimentação.

Graças a essas adversidades, o cavalo Crioulo adquiriu as suas principais características: rusticidade e resistência. Após um longo tempo, notando a importância deste animal, a partir do século XX passaram a ser reconhecidos mundialmente. Então, em 1932, foi fundada a ABCCC, com a missão de preservar e difundir o cavalo Crioulo no país.

Foto: Site ABCCC

Mais tarde, 50 anos depois, a prova do Freio de Ouro tornou-se a mais importante ferramenta de seleção, motivando a otimização da raça, seja morfológica ou funcionalmente. Estima-se que anualmente seja movimentado R$ 1,28 bilhão de reais em função do animal. São cerca de 300 mil espalhados em todo o território nacional.

Che, tem ideia do que são esses números? 300 mil cavalos só no Brasil!!! Pensa o barulho de uma carga de todos eles juntos, deusolivre!!

penteado de prendaPowered by Rock Convert

Além disso, em 2002, o cavalo Crioulo foi adotado como símbolo do Rio Grande do Sulpela Assembleia Legislativa pois estima-se que 86,41% dos animais do país, estão no nosso RS, além de ter acompanhado todo o processo de formação do Gaúcho.

Foto: Site ABCCC

UMA PAUSA PARA O MATE:

Se tu gostou de saber sobre o cavalo Crioulo, não deixa de saber sobre os outros símbolos do RS clicando AQUI! Também, se te interessa, saber um pouco mais sobre as Danças Tradicionais Gaúchas, sobre o Paixão Côrtes, dar umas risadas no Bolicho do Juvenal Sincero, aprender algumas coisas no Manual do Gaúcho de Apartamento ou então no Tchê Informa… Aproveite a tua estadia!

CARACTERÍSTICAS:

O peso varia entre 400 e 450 quilos e a altura admitida para as fêmeas é de 1,38m a 1,48m e nos machos de 1,40m a 1,50m.

São conhecidos pela beleza e o temperamento dócil, sua rusticidade, facilidade de adaptação e resistência. É um animal de coragem, ativo, bondoso, inteligente, longevo, e hoje comprovadamente versátil, pois se destaca em todas exigências que lhe são impostas.

Em resumo, para que ter um humano por perto, se pode se ter um cavalo che? Tem todas características que as pessoas deveriam ter, e não tem… Fica a pergunta no ar.

Foto: Site ABCCC

PELAGENS:

De acordo com o padrão da raça, o cavalo Crioulo pode apresentar uma infinidade de pelagens, com exceção da pintada e albina total. Então che, se tu não conhece nada das cores dos cavalos, da uma olhada aqui embaixo e pega a barbada!

Fotos: Site ABCCC

Então gauchada, o que acharam do nosso cavalo Crioulo? Se tu gostou, COMPARTILHA com teus amigos nas nossas redes sociais que estão aqui embaixo! Forte Abraço!

FACEBOOK, INSTAGRAM, TWITTER e YOUTUBE!

#Cavalo #Símbolo #Raça #Crioulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui