INDUMENTÁRIA GAÚCHA: BRASIL, ARGENTINA E URUGUAI!

indumentária gaúcha
ctg saPowered by Rock Convert

A discussão sobre Indumentária Gaúcha está cada vez ganhando mais adeptos no Brasil.

Sabemos, que a História do Rio Grande do Sul, Uruguai e Argentina é possível de ser contada, principalmente, em razão de documentos e dos relatos dos viajantes do século XVIII e XIX, que passaram por aqui e registravam o que viam.

Portugueses, Franceses, Ingleses, entre outros, retrataram e registraram os usos e costumes daquele que veio a se consolidar como a nossa identidade.

Mais aí ficam algumas perguntas:

Mas como era de fato esse gaúcho?

Onde está registrado que realmente o gaúcho se vestia realmente dessa forma?

Que relatos são esses? Será que são verídicos?

Que pinturas são essas? 

No Uruguai, Argentina e no Rio Grande do Sul eles se vestiam todos da mesma forma?

Onde eu devo pesquisar, e o que devo levar em conta ao querer retratar o gaúcho do Rio Grande do Sul?

Se eles se vestiam assim, porquê nossa indumentária é tão limitada e engessada em diretrizes?

E é sobre estes e mais outros tantos pontos que conversaremos em uma live EXCLUSIVA e INÉDITA sobre Indumentária Gaúcha, com dois dos maiores pesquisadores do Brasil acerca do assunto.

Edineia Pereira é graduada em História pelo Centro Universitário de Brusque – UNIFEBE; Design de Moda pelo Centro Universitário Carlos Drummond de Andrade; Especialista em História Cultural pela Facel; Mestre em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUC/RS e Doutora em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP, com pesquisas e obras sobre o Gaúcho. Há dez anos se dedica a docência nos cursos superiores de Design de Moda e Arquitetura e Urbanismo, ministrando disciplinas de História da Arte, da Moda, da Indumentária e da Arquitetura. Atua na área de gestão universitária com pesquisa, extensão e cultura, como membro do Conselho de Ética em Pesquisa CEP/CONEP e Conselheira Municipal de Cultura. Participa efetivamente do Movimento Tradicionalista Gaúcho há trinta anos. Foi Primeira Prenda do MTG – SC e Primeira Prenda da Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha – CBTG.

Henrique Fagundes da Costa nasceu em Bagé, na Campanha gaúcha. Vindo de uma família de campo, cresceu em meio as atividades rurais, onde conviveu com as gentes simples que formam esse cenário que tanto o influenciou. Recentemente foi indicado para integrar a Comissão de Cultura da Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos Crioulos. Atualmente reside em Porto Alegre, onde concilia a carreira de Médico Veterinário com as pesquisas históricas e atividades de cunho cultural. É autor de Influência e já está trabalhando no seu próximo livro.

E aí, que tal o convite?

Será no sábado dia 25/04, 16h, transmitido pelo Facebook da Estância Virtual e também nosso canal no Youtube.

Espero que seja da apreciação dos amigos!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui