2 TÉCNICAS PARA MANTER A MOTIVAÇÃO NO CTG DURANTE O ISOLAMENTO

motivação
ctg saPowered by Rock Convert

Motivação no CTG já não é simples em períodos normais. O que fazer neste momento de Isolamento Social?

Buenas gauchada, como vão as coisas por aí no isolamento? Aqui tudo se ajeitando!

Tchê, muito se fala na necessidade de manter uma equipe sempre ENGAJADA e MOTIVADA para que as metas e objetivos sejam atingidos da forma mais tranquila possível, de acordo?

MAS O QUE É A TAL DA MOTIVAÇÃO?

Existe uma frase muito antiga que diz que “Motivação é uma porta que só abre pelo lado de dentro“, ou seja, a motivação parte do próprio indivíduo.

Mario Sérgio Cortella em seu livro “Por que fazemos o que fazemos” aborda também o tema pela mesma ótica, onde um Líder pode ESTIMULAR uma pessoa a fazer algo, mas a Motivação para de fato o fazer, parte da própria pessoa.

Mas então, como tu como líder podes ESTIMULAR os seus liderados? Aqui falamos em Líder que pode ser tanto Formal (ou seja, aquele que possui um cargo ou função definido) ou até mesmo os Líderes Informais (que lideram pelo próprio jeito de ser, sem ter um cargo em específico).

Separamos 2 Técnicas que podem ajudar de maneira SIMPLES a manter a Motivação dessa gauchada que está pela primeira vez na história do Movimento Tradicionalista Gaúcho afastada dos seus galpões.

mario sergio cortella

1ª TÉCNICA: INCENTIVE A CRIATIVIDADE

Pode parecer um tanto clichê, mas ao explicar vocês com certeza entenderão qual o ponto aqui.

Quando estamos na rotina tradicional de ensaios, ficamos “viciados” em seguir os mesmos padrões, sem nos preocuparmos em pensar “fora da caixa”.

Esse momento em que estamos mais tempo em casa, em momentos de maior introspecção, pode nos fazer coletar diversas informações das pessoas mais envolvidas no CTG, incentivando a criatividade.

COMO FAZER ISSO?

Se tu és coordenador do grupo adulto por exemplo, peça que todos mandem pelo menos 2 ou 3 ideias diferentes de coisas que possam ser feitas nos ensaios, para que:

  1. Melhore a forma de ensaiar
  2. Melhore a união do grupo
  3. Agregue conhecimento aos dançarinos

O que é importante: deixe claro que a ideia é pensar fora da caixa, tentar ser o mais criativo possível, mesmo que seja algo totalmente fora do habitual.

Incentivando essa busca pela criatividade e posteriormente aplicando algumas das ideias, o senso de PERTENCIMENTO do grupo com o CTG irá aumentar. Falaremos mais na 2ª Técnica.

LEIA MAIS: COMO TER AQUELA CONVERSA DIFÍCIL?

2ª TÉCNICA: APROVEITE OS TALENTOS INTERNOS

Já parou para pensar que uma Entidade Tradicionalista, nada mais é que um pequeno recorte da própria sociedade? Ou seja, aqui “fora” do galpão, as pessoas estudam, alcançam graduações e especializações nas mais diversas áreas e desempenham papéis muito importante em benefício para com a sociedade.

Porém, ao adentrar no galpão, parece que todas as suas aptidões são esquecidas, e o próprio CTG não da voz e vez para que essas pessoas possam realmente ajudar com aquilo que estudaram por muitos anos.

POR EXEMPLO:

No teu CTG tem alguém formado em Psicologia? Se sim, por que não dar oportunidade para que a pessoa faça um trabalho de dinâmicas de grupo, buscando o conhecimento mais profundo entre todas as partes envolvidas?

No teu CTG tem alguém formado em Fisioterapia? Se sim, por que não dar oportunidade para que a faça faça um trabalho de preparação física pré/pós ensaio?

Tem algum Advogado? Nutricionista? Educador Físico? Gestor de Marketing? Gestor Comercial? Designer? E por aí vai…

Percebeu como muitas vezes contrata-se pessoas de fora para fazer trabalhos que os nossos próprios sócios poderiam estar fazendo para a Entidade?

E ainda mais, já pararam para pensar quão DESMOTIVADOR pode ser isso para estas pessoas? 

Não há nada que crie um sentimento mais verdadeiro de companheirismo do que a sensação de poder estar desempenhando a profissão que estudou e ama, em prol da própria Entidade.

Precisamos buscar formas de fazer com que as pessoas realmente se SINTAM PARTE de um propósito maior que não o de apenas ensaiar e ir pra casa.

Então que tal fazer contato com todas as pessoas que participam do CTG, e pedir também 1 ou 2 atividades que os mesmos acreditam que possam fazer a mais pelo CTG, que seja de acordo com a sua própria profissão?

LEIA MAIS: POR QUE OS CTGs NÃO APRENDEM?


Então gauchada, por hoje é isso aí. Espero que essas 2 TÉCNICAS possam realmente ajudar a tua Entidade. 

Falamos delas no nosso livro, CTG S.A. LIDERANÇA E COMUNICAÇÃO PARA ALCANÇAR O SUCESSO, além de outras tantas formas de melhorar a forma como se faz a Gestão de Pessoas dentro do universo tradicionalista.

Se tiveres interesse em conhecer o livro, só clicar no link abaixo:

QUERO CONHECER O LIVRO CTG S.A.CTG S.A.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui