QUE TIPO DE FLOR A PRENDA DEVE USAR NO CABELO?

0
53

Qual o modelo, tipo, tamanho, cor… ideal para as prendas utilizarem nos cabelos?

Oi, tudo certo?

Essa é uma dúvida que muitas vezes aparece e resolvemos dar uma ajuda.

Algumas considerações são importantes.

Não estamos levando em consideração NENHUM regulamento de concurso, seja individual ou de grupo, e sim, buscamos as informações presentes no livro de João Carlos Paixão Côrtes e Marina Paixão Côrtes, denominado Ponto e Pesponto da Vestimenta da Prenda, e como no próprio livro fala, a pesquisa não foi feita pensando em concurso A ou B.

Mas então, vamos as considerações:

Para muitos, a flor natural é reconhecida como o mais antigo acessório de moda no mundo.

Diz a jornalista Gilda Chataignier, citando a famosa florista D. Maria Antônia: “A flor é como a natureza, vai e vem, floresce e morre, para depois desabrochar mais uma vez”.

As flores artificiais já as usavam os egípcios 3.000 A.C.”

Bom, já sabemos que o uso é extremamente antigo, então seguimos.

No Rio Grande do Sul, a flor sempre teve vez nas jovens prendas pastoris, delicadamente posta à cabeça, complementando os cabelos compridos, às tranças ou ainda em penteados singelos. Predominantemente flores campestres. As artificiais tinham feitura com palha seca do milho, pintadas com tintas nativas (cascas, raízes), com complementação técnica artesanal de cera de abelha, parafina, espermacete de vela, etc.

Ou seja, dá-se a entender que a flor completava algum penteado mais simples, pois assim, as flores também davam um toque a mais na sua delicadeza de prenda. Enquanto, as artificiais eram “fabricadas” artesanalmente, podendo ter pequenos detalhes para mostrar também seus dotes e transmitir a mensagem que sua alma gostaria de passar.

Flor no cabelo

O tamanho e o tipo de flor (natural ou artificial) é uma questão de ocasião, representatividade e estética pessoal, atentando-se evitar os exageros (“floriculturas ambulantes”). Nas damas mais maduras, a flor está ausente.

Pegaram o RECADO? Nada de colocar um monstro na cabeça hahaha

E ainda, para dar aquela cartada final:

“Não repita a barbaridade como a que tenho ouvido de certos palestrantes, quanto ao posicionamento da flor à cabeça: “bota-se na direita, em moça solteira, descompromissada; na esquerda, quando a prenda é noiva e bota-se atrás, quando é casada”… Entenderam??! Sem comentários…

Ou seja, o que é invenção, é invenção e só invenção. Não tem função nenhuma!

Caso alguma prenda se interesse, nossos parceiros da SELARIA PORTEIRA VELHA confeccionam as Flores de Palha conforme a descrição da Dona Marina, então, é só CLICAR AQUI e mandar uma mensagem para eles!

Abraço pessoal!

#Indumentária #Flor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui