A LIDA DOS CAMPEIROS NA CAMPANHA GAÚCHA

0
1

O peão de estância não costuma perder a hora. Acorda com o canto da passarada e o berro da gadaria que se alvorota ao amanhecer na campanha.

Antes que o sol beije a quincha do rancho, o taita fica pronto pra lida campeira. Sua China põe uma cambona no guarda fogo e seva um mate, enquanto ele se bota na direção da sanga, onde lava o rosto, escovar os dentes e busca um porungo de água para o filtro de argila.

No galpão a peonada mateia, depois encilha os pingos e afiam suas adagas, – quando é dia de castração -, apresilham os tiradores, calçam botas, tapeiam os abas largas, preparam os doze braças, manuseiam as boleadeiras e assoviam para os cuscos que os acompanharão na campereada. E lá se vão, pois como diz o cantor: “Um bom campeiro que se preza tem que ter: cavalo laço e cachorro e a china do bem querer.”

São tantas as atividades na querência, que os bravos da campanha veem a semana passar, num upa, até porque muitos deles anseiam pela chegada do sábado e domingo, quando encilham seus pingos e se vão troteando, em busca de cambichos, carreiradas ou bailes de corredor.

Para temperar melhor meus registros gauchescos, insiro a seguir, versos meus, falquejados, bem a preceito em homenagem aos tauras campeiros. Aliás, para minha alegria, estes versos, vez por outra, são declamados pelo meu amigo, Odilon Ramos no Programa: Campo a Fora.

Minha mala de garupa; Tem coisas da tradição Charque para o carreteiro; Erva para chimarrão Um pala, lenço e bombacha; Um pacote de pinhão E pra matar meus desejos; Vinhos, salames e queijos Típicos do meu rincão.

É melhor ser da Campanha que morar na Capital Tomar vinho, beber canha montar em potro bagual Num pingo dou um lassaço e me boto a trote largo Pra comer um bom churrasco e sevar um mate amargo.

Tudo por hoje. Me vou, de vereda, tchê. Abracito.

SOBRE O AUTOR:

Dr. Francisco Mello – Advogado Criminalista, Historiador e Professor de carreira. OAB-MT 9550. Especialista em Direito Penal e Processual Penal. (669)96892292.

#LidaCampeira #Tradição

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui